A ABEn tem como finalidades:

  • Congregar enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem, estudantes dos cursos de graduação e de educação profissional habilitação técnico de enfermagem, incentivando a solidariedade e a cooperação entre os membros da categoria;
  • Promover o desenvolvimento técnico, científico, cultural e político dos profissionais de enfermagem no país, pautado em princípios éticos;
  • Articular com organizações do setor de saúde e da sociedade em geral, na defesa e consolidação de políticas e programas que garantam a equidade, a universalidade e a integralidade da assistência à saúde da população;
  • Representar a Enfermagem nacional e internacionalmente, no que diz respeito às políticas de saúde, educação e trabalho, especificamente no que se refere à Enfermagem;
  • Promover intercâmbio técnico-científico e cultural com as Entidades e Instituições nacionais e internacionais, com vista ao desenvolvimento tecnológico da enfermagem;
  • Divulgar trabalhos e estudos de interesse da enfermagem, mantendo órgão oficial de publicação periódica;
  • Promover, estimular e divulgar pesquisas da área de enfermagem;
  • Reconhecer a qualidade de especialista aos profissionais de enfermagem, expedindo o respectivo título de acordo com regulamentação específica;
  • Articular social, política e financeiramente programas e projetos que promovam assistência aos sócios;
  • Integrar-se aos processos sociais, políticos e técnicos, que visem assegurar o acesso universal equânime aos serviços de saúde.

A ABEn foi a primeira entidade criada e organizada pelos profissionais de enfermagem no Brasil. Seu trabalho, desde 1926, concorreu para a consolidação e expressão da enfermagem brasileira, tanto em âmbito nacional como internacional. Nessa trajetória organizou ações, formulou propostas e projetos que culminaram com a criação do sistema autárquico de fiscalização do exercício profissional, defendendo perante o Estado que o trabalho da Enfermagem não é um simulacro da prática de outras categorias profissionais de saúde. Além disso, foi e se mantém colaborativa e parceira das organizações sindicais e estudantis da área de enfermagem.

No cumprimento das suas finalidades e objetivos, vem exercendo papel relevante nas conquistas e lutas empreendidas em favor dos trabalhadores de enfermagem e de saúde em geral. Sua participação analítica e propositiva, nos processos de reformas das políticas públicas, em especial da área social, tem qualificado seu papel de representante da enfermagem brasileira.

Tem sido sua prática posicionar-se analítica, crítica e pró-ativamente nos movimentos e processos sociais, políticos e técnico-científicos fundados na ética, no estado de direito e na democracia, na perspectiva da justiça social, da dignidade e da cidadania.

Durante quase 50 anos a ABEn foi a única entidade de enfermagem a lutar pela categoria no Brasil. A partir da década de 80, com o processo de mudança na ABEn, a entidade passa a expressar-se como parte da sociedade, encaminhando as lutas da enfermagem no contexto das mudanças sociais.

A ABEn mantém alguns Fóruns de Debates, eventos de caráter nacional, regional e local, que tem por objetivos:

  • Atender às necessidades de atualização e intercâmbio do saber e das idéias da categoria;
  • Congregar profissionais de Enfermagem;
  • Possibilitar o debate e encaminhamentos sobre temas atuais e importantes para a profissão;
  • Possibilitar a divulgação de trabalhos científicos da categoria;

















ABEn seção MT: Av. Fernando Corrêa da Costa, 2367 - CCBS 3, Sala 11
Faculdade de Enfermagem - Campus Universitário UFMT
CEP: 78060-900 | Cuiabá - MT
Contatos: (65) 99216-9517 | abenmt@abenmt.org.br

Presidente: Enfª Drª Rosa Maria Bottosso